Pular para o conteúdo

Morgan Stanley planeja demitir cerca de 3.000 funcionários, diz fonte

O Morgan Stanley está planejando outra rodada de demissões que acabariam com aproximadamente 3.000 empregos, disse uma fonte familiarizada com o assunto à CNN.Os cortes marcariam a segunda rodada de demissões nos últimos seis meses no Morgan Stanley.O banco de Wall Street está se preparando para demitir cerca de 3.000 funcionários em todo o mundo neste trimestre devido às difíceis condições do mercado, afirmou a fonte.Os bancos de investimento foram prejudicados por uma queda na negociação causada pela batalha do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) contra a inflação e pela crise bancária. As demissões devem ocorrer em toda a empresa, exceto na divisão de gestão de patrimônio do Morgan Stanley, que inclui consultores financeiros, disse a fonte.A instituição empregava cerca de 82.500 pessoas no final do ano passado.O Morgan Stanley se recusou a comentar as demissões, que foram noticiadas pela Bloomberg News.No mês passado, a empresa divulgou uma queda de 24% na receita de banco de investimento, impulsionada por uma desaceleração em fusões, ofertas públicas iniciais e financiamento de dívida.Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.versão original Compartilhe: