Pular para o conteúdo

Mercado revisa em baixa previsão para inflação ao consumidor, mostra pesquisa do BCE

O Banco Central Europeu (BCE) afirma que sua pesquisa com profissionais de projeções econômicas (SPF, na sigla em inglês) mostra, para o segundo trimestre de 2023, houve uma revisão em baixa na previsão para o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) harmonizado da zona do euro, na comparação com o levantamento anterior. Já a expectativa para o núcleo do CPI foi revisada em alta para este ano, aponta boletim da instituição.A expectativa para o índice cheio da inflação está em 5,6% em 2023, 2,6% em 2024 e 2,2% em 2025. Para o mais longo prazo (2027), ela seguiu em 2,1%. No primeiro trimestre, as projeções eram de inflação de 5,9% em 2023, 2,7% no ano seguinte e de 2,1% para 2025. Houve, portanto, revisão em baixa para 2023 e 2024 e leve revisão em alta para 2025.No caso do núcleo da inflação, a expectativa subiu de uma alta de 4,4% na pesquisa anterior para um avanço de 4,9% na mais recente. A de 2024 seguiu em 2,8%, a do ano seguinte prosseguiu em uma alta de 2,3% e, no mais longo prazo, ela continuou em um avanço de 2,0%.Houve ainda revisão em alta para o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro em 2023, com os economistas esperando agora crescimento de 0,6% (de 0,2% anteriormente).Já para 2024, houve redução de 1,4% para 1,2% na alta esperada e, em 2025, de 1,7% a 1,6%. No caso da taxa de desemprego, agora se espera taxa em 6,8% neste ano, de 7,0% anteriormente, com manutenção deste nível em 2024. Compartilhe: