Pular para o conteúdo

Juros futuros têm pouca reação após prévia do PIB

Os juros futuros rondam os ajustes desta quinta-feira (18) mostrando reação limitada após o IBC-Br cair 0,15% em março, contrariando a previsão de analistas, de alta de 0,30%, o que já seria uma forte desaceleração do avanço em fevereiro.Nos curtos, no entanto, o viés é de baixa e nos demais, de alta, com liquidez reduzida. O dólar também cai, enquanto os rendimentos dos Treasuries estavam mistos. Às 9h20 desta sexta-feira (19) a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2024 operava em 13,295%, de 13,312% no ajuste de quinta.O DI para janeiro de 2025 marcava 11,70%, de 11,69%, e o para janeiro de 2027 ia para 11,30%, de 11,27%. O vencimento para janeiro de 2029 estava em 11,63%, de 11,59% no ajuste anterior. Compartilhe: