Pular para o conteúdo

Fed avalia regras de liquidez mais rígidas para bancos, afirma dirigente

O vice-presidente para Supervisão do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Michael Barr, apontou que a instituição está avaliando potenciais regras de liquidez mais rígidas no setor bancário, após tensões recentes em bancos, entre elas a quebra do Silicon Valley Bank (SVB). Barr também foi questionado, durante audiência no Comitê sobre Assuntos Bancários, de Moradia e Urbanos do Senado americano, sobre o trabalho do Fed de São Francisco ante os riscos do SVB.Para o dirigente, a distrital do BC dos EUA foi bem-sucedida em notar riscos no banco, mas não agiu rápido o suficiente tomando decisões que obrigassem o SVB a tentar consertar os problemas. Barr ressaltou que o Fed de São Francisco não deixou de perceber esses riscos, após um legislador sugerir que o foco do banco central também em outras questões, como racismo ou meio ambiente, pudesse estar atrapalhando seu trabalho principal, entre eles a regulação bancária.O vice-presidente para Supervisão do Federal Reserve afirmou ainda que “aceita total responsabilidade” por falhas na supervisão bancária que levaram a problemas recentes em alguns bancos médios nos Estados Unidos. Segundo ele, há um foco agora do Fed em consertar esses problemas.Durante a audiência no Comitê sobre Assuntos Bancários, de Moradia e Urbanos do Senado, Barr foi questionado se tinha havido alguma demissão no banco central norte-americano por responsabilidade nessas falhas, mas respondeu que não.O dirigente acrescentou que o Fed está concentrado em colocar as pessoas certas para monitorar essa questão. Compartilhe: