Pular para o conteúdo

Apesar de cortes da Petrobras, gasolina cai apenas 0,5% na semana, diz ANP

Apesar das quedas expressivas da gasolina, diesel e gás de cozinha realizadas pela Petrobras no início desta semana, os preços desses combustíveis resistem em ceder nos postos de abastecimento.O valor médio da gasolina caiu apenas 0,5% nos postos, diante da baixa de 12,6% nas refinarias da estatal, enquanto o diesel foi o que mais teve impacto: um recuo de 1,9% na semana de até 20 de maio, informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Já o gás de cozinha, cuja queda foi ainda mais expressiva nas refinarias, de 21,6%, cedeu apenas 0,1%, com preço médio de R$ 108,72, sendo o botijão mais caro encontrado a R$ 155 e o mais barato, a R$ 70.O preço médio da gasolina nos postos ficou em R$ 5,46 o litro, com a cotação mais alta de R$ 7,30 e a mais baixa, de R$ 4,39. O diesel registrou preço médio de R$ 5,46 o litro, com o maior valor de R$ 8,49 e o mais menor, de R$ 4,59. Compartilhe: